olivia maia - escritora desterrada. meio artista.

bolívia!

passagens compradas, seguro-viagem, roupa pra frio de menos vinte graus, meias, mochila, coragem.

dia 15 fujo pra Bolívia e volto dia 30 depois de percorrer o altiplano: Sucre, Potosí, Uyuni e Salar de Uyuni, depois Oruro, La Paz e Copacabana.

ufas.

ansiedade pouca.

atendente da vivo mui camarada me sugeriu comprar um chip pré-pago de uma operadora de celular local pra usar plano de dados. aí não precisa caçar lanhouse só pra dizer pro meu pai e pra minha mãe que estou viva. pareceu ideia razoável. e ainda dá pra fazer uns postzinhos por aqui antes de dormir.

vou atrás dos personagens desse meu novo livro que comecei a escrever e ainda revisões de primeira versão do primeiro capítulo que escrevi um pouco às pressas pra enviar ao edital do Programa Petrobras Cultural. pretendo, quando começar a escrever pra valer, fazer outra vez aquele página a página no twitter, porque me diverti um monte; dá uma sensaçãozinha de dever cumprido e produtividade. por ora, é conhecer o cenário do livro e ver se topo com o médico desaparecido que sumiu no deserto de sal boliviano. ou, enfim, personagens. nunca se sabe. que a única coisa realmente fixa do meu roteiro é estar no aeroporto de La Paz às 20h do dia 29.

ae ae.

gosta do que eu escrevo?

receba novidades por e-mail: assine a newsletter.

colabore com meu trabalho: compre meus livros ou faça uma contribuição única ou mensal.