olivia maia - escritora e ilustradora desterrada.

em villa las rosas sem destino

na quarta-feira o Oliver voltou pra Córdoba de onde tinha planos de ir a Cafayate, e eu resolvi descansar os joelhos no hostel em Mina Clavero mais um dia. a turma já tinha toda ido embora e eu passei o dia nerdeando.

nerdear é preciso.

pensei até mesmo em ficar mais duas noites, mas no dia seguinte falando com a alemã por mensagem ela comentou que estava em Villa Las Rosas e pensava em passar uma noite ou duas num micro povoado ali perto chamado Los Molles, e estava arrumando as coisas pra sair e tomar o café da manhã, e eu podia encontrá-la por lá e aí vemos.

que eu sou meio sucker por essas coisas de mudar de ideia em cima da hora. fiz a mochila em quinze minutos e toquei pra rodoviária; tive que esperar meia hora pro próximo ônibus e cheguei por volta de meio dia. Lisa estava batendo papo com uns tipos na cafeteria e um deles nos podia levar de carro até Los Molles.

aí mais uma vez a mochila nas costas sem saber onde eu ia dormir à noite.

em Los Molles o hostel estava lotado e as outras hospedagens eram todas muito caras. decidimos caminhar um pouco. o sujeito que nos levou, José, ficou com minha mochila grande e voltou pra Las Rosas. eu e Lisa voltamos caminhando e conversando e aproveitando que o dia estava bem nublado (e meio chuviscoso). fizemos o caminho em menos de uma hora e nos sentamos na praça de Las Rosas num espacinho coberto pra comer alguma coisa e decidir que íamos fazer.

essa alegriazinha que não sei explicar de estar sentada no chão na praça e está chovendo e posso decidir o rumo que quero tomar e todos os rumos são possíveis e lindos e não tenho nenhum outro lugar pra estar.

Lisa não sabia se queria ir a San Marcos Sierra, Córdoba ou Merlo. eu tinha pensado em passar por San Javier antes de Merlo, já na província de San Luís, mas ao final me pareceu que melhor era seguir direto pra onde eu tinha hostel e podia ficar mais tranquila. José nos disse que estava por perto e nos levou de volta a mochila. Lisa foi buscar suas coisas que tinha deixado no hostal e nos encontramos de volta na rodoviária. eram umas quatro da tarde.

ela comprou passagem pra Córdoba às 17h30 e eu pra Merlo às 18h30.

então matar tempo. depois que Lisa subiu no ônibus eu abri meu computador pra escrever a newsletter e selecionar as fotos de Mina Clavero. nem vi o tempo passar.

gosta do meu trabalho?

receba novidades por e-mail: assine a newsletter.

apoie minha produção e receba em casa o zine rabiscologia.