olivia maia - escritora desterrada.

quem mexeu nos meus reflexos?

dizer que o álcool diminui os reflexos é fácil. multar e tirar a carta de motorista bêbado é muito fácil. quero ver é tirarem a carta da minha avó, que viaja pra Atibaia todo fim de semana, pela Fernão Dias. (bom senso, alguém?)

(ou do velho que entrou na minha rua pela contramão, procurando a Alameda Barros, e entrou num dos prédios de carro e tudo, pela portaria. muito bem sóbrio, por sinal).

mas tem que inventar um sonômetro, pra medir o sono, porque o estado de uns tipos logo cedo às sete horas da manhã também é para se desconfiar.

e nem estou dizendo que o álcool não diminui reflexos e toda aquela ladainha yada yada. certos, devem estar muito certos. mas não tem uns motoristas por aí que já são naturalmente todos desreflexados?

(não há como concordar assim como não há como discordar dessa lei. o problema mesmo é o contexto estúpido em que ela surgiu. ninguém estaria reclamando se tivessem certeza que as coisas nesse país de merda costumam funcionar como manda a lei, ou mesmo que a grana que se paga de multa iria para qualquer lugar mais certo do que o bolso de algum político metido a esperto.)

(a não ser que eu vendesse cerveja. aí eu estaria bem brava.)

gosta do que eu escrevo?

receba novidades por e-mail: assine a newsletter.

colabore com meu trabalho: compre meus livros ou faça uma contribuição única ou mensal.