olivia maia - escritora desterrada.

sim, estamos em outubro

se o tal do remédio homeopático anti-ansiedade tem qualquer coisa com isso eu não sei, mas fato é que agora vou muito bem obrigada, ainda que sempre fazendo tudo no último minuto do prazo, e a literatura vive, vive, até mesmo para pensar nos trabalhos de literatura portuguesa e teoria literária sem entrar em pânico por isso, mesmo que eu tenha ainda cinco redações para terminar de corrigir amanhã de manhã e o livro to Camus para ler até o dia 17, e um estágio que anda meio pendurado. sim, sim, muito bem obrigada, vale mais dizer que foi o Cortázar, e aí vou é achar ótimo que o Zé Carlos está numa fase Beckett e por isso me empresta os livros do Cortázar que ele tem e ainda não leu.

gosta do que eu escrevo?

receba novidades por e-mail: assine a newsletter.

colabore com meu trabalho: compre meus livros ou faça uma contribuição única ou mensal.