olivia maia - escritora e ilustradora desterrada.

voltas em Pirenópolis e quedas em Goiânia

aí que na terça-feira fui com um guia amigo do dono do hostel até a cachoeira Bonsucesso, que na verdade são seis cachoeiras na fazenda Bonsucesso. a água estava meio suja por causa da chuva (quer dizer, suja de barro, que não é bem sujeira). foi uma caminhada tranquila de cinco quilômetros e mais uns metros dentro da fazenda. deu para mergulhar. saiu até sol!

img_8217

na volta rolou uma carona com o povo da fazenda até o carro do guia e depois seguimos para o IPEC.

estava fechado para visitação, mas o portão estava aberto e fomos entrando (ops). lá dentro o guia conversou com um rapaz que disse que a gente podia dar uma volta pela área aberta e tudo bem. as bioconstruções são muito legais e sempre coloridas. pena que não deu pra fazer um tour de verdade, com explicações e aquela coisa toda.

img_8256

img_8259

ói aqui o álbum de fotos.

Pirenópolis é uma cidade boa de visitar, mais bonita do que Alto Paraíso, mas não sei se mais simpática. fiquei pouco tempo e acho que precisaria pelo menos uma semana pra ter uma opinião mais precisa. saí na quarta-feira de manhã num ônibus mei sem vergonha da viação Goianésia rumo à Goiânia.

a rodoviária de Goiânia é um shopping e grande demais pros meus 15kg nas costas. descendo as escadas da praça de alimentação perdi o degrau e torci o pé; só não rolei escada abaixo porque já estava nos últimos degraus mesmo. levei foi um tombão mei torto. duas pessoas me arrumaram gelo e troquei meu tempo de almoço por vinte minutos segurando gelo no tornozelo. capow.

aí os 15kg viraram uns 30 mas devagar consegui chegar no embarque. comprei um lanche sem vergonha e um pão de mel para comer no caminho. 13h30 saí num ônibus todo moderninho da Nacional Expresso com destino a Uberaba, onde mora minha prima querida. (a ironia foi o médico recém-formado fazendo residência em ortopedia que foi conversando comigo boa parte do caminho.)

e eu que tenho muita bagagem.

e eu que tenho muita bagagem.

aí estava praticamente em casa, com direito a prima me buscando de carro na rodoviária. tanto que agora estou me sentindo até mei resfriada. domingo vamos conhecer os dinossauros de Uberaba (aguardem fotos) e segunda-feira pegamos estrada rumo a São Paulo, com uma parada estratégica em Atibaia para deixar os animais (uma pitbull, uma salsicha e dois gatos insanos) na casa da minha tia.

coisas estranhas acontecem na casa da minha prima.

coisas estranhas acontecem na casa da minha prima.

gosta do meu trabalho?

receba novidades por e-mail: assine a newsletter.

apoie minha produção e receba em casa o zine rabiscologia.