olivia maia - escritora e ilustradora desterrada.

blog

textos esporádicos aqui e no medium.

hiato

que me parece de repente é esgotamento de temas, quando o personagem não se basta, sozinho, naquele vazio que é só existir. sempre um vazio. tudo me vem como repetição de qualquer outra coisa, minha ou dos outros.

ok, alright

agora respira.

e também que comecei a ler “A metamorfose” do Kafka, mas fiquei com nojinho e parei.
nonetheless, tem que ler.
eca.

“O primeiro homem” do Camus estava mais interessante.
e tem que ler também, de qualquer jeito.

entre as coisas que não tem que ler, mas eu queria.