olivia maia - escritora desterrada.

tag: blog

site de cara nova

,

depois de uma semana com a cara colada na tela do computador vendo php e css até nos sonhos, consegui terminar a reforma no site. o blog agora está um pouco mais escondido: os posts andam meio esporádicos e achei melhor dar destaque a outras coisas. o site continua o mesmo, mas agora ficou mais fácil encontrar meus livros ou assinar a newsletter.

claro que enquanto fazia o site não consegui fazer mais nada e a newsletter está atrasada, a escrita está parada e a pilha de leituras continua crescendo. mas tudo bem. de volta à programação normal.

goodreads e eu

, ,

pra quem lê muito e é levemente compulsivo obsessivo, o goodreads é a princípio um pouco desanimador. pra quem lê muito e não tem problemas de TOC, é provavelmente muito mais fácil e divertido começar um perfil por lá. quer dizer: tem que ir adicionando o que você já leu, o que quer ler, o que está lendo. eu nem lembrava direito o que tinha lido este ano; a sorte foi que a maioria li em formato digital e registrei no calibre as leituras finalizadas. o resto está na estante. teoricamente.

mas ok: fiz um perfil, adicionei as leituras deste ano e me prometi adicionar leituras de anos passados aos poucos. com calma. sem crise. puf puf. e manter atualizado.

também transformei meu perfil em um perfil de autor e agora você pode me seguir e fazer perguntas e acompanhar minhas leituras e comentários sobre livros (ainda não fiz nenhum, mas né, TOC).

como transformar estresse e ansiedade em produtividade

how to reframe stress and anxiety into productivity

era o título de um artigo que me apareceu (como sempre me aparecem as coisas mais estranhas) na lista de recomendações do pocket. outro desses artigos absurdos que às vezes me gritam com esses títulos longos e imperativos. quase sempre eu sigo adiante mas dessa vez eu parei e precisei pensar duas vezes no absurdo da formulação. pensei naquele artigo da Eliane Brum e nalgum outro que devo ter lido sobre a idolatria da produtividade; pensei na minha própria ansiedade e o tanto que ela está (sempre esteve) ligada a uma angústia de produzir mais e melhor e sempre (pra quê; pra quem?).

pensei então que esse título é o cúmulo da loucura dos tempos modernos: transformar em produtividade os efeitos colaterais negativos da necessidade de ser produtivo o tempo todo; a necessidade de transformar tudo em produção.

se nossa sociedade precisa de um novo ícone revolucionário ele tem que ser alguém parecido com Bartleby, o escrivão, que preferia não fazer.

e não produzia nada.

das coisas que aparecem quando você não estava procurando

,

porque apareceu trabalho; mais ou menos quando eu tinha parado um pouco de procurar.

talvez porque as coisas acontecem no ritmo que querem acontecer, e não no ritmo que você espera que elas aconteçam. aí que passei as últimas semanas trabalhando num curso de redação do SENAC aqui de Lençóis. cinco semanas de curso, três dias por semana. tive uma semana antes de começar o curso pra começar a preparar o material.

mas valeu. entra agora a última semana de curso e respiro, escrevo no blog, termino a newsletter, cuido do jardim. também porque crises de ansiedade e outras loucuras estão também amenizadas e né, tudo isso ajuda. em algumas semanas começa tudo de novo: vou dar aulas de inglês para turismo e depois com uma semana de intervalo começa a de gramática, também em cursos do SENAC.

vamos ver como segue o ritmo para enfim retomar o filhote blog, programar uns posts e torcer para que o tempo esquente porque faz muito tempo que não vou no rio.

murphy e seus amigos

,

eu tenho aqui umas coisas pra publicar no blog e um monte de coisa pra próxima edição da newsletter e esse remedinho novo até que me está dando uma boa pilha pra existir mas nas últimas semanas a coelba (os caras da eletricidade) andaram trocando postes e cortando a luz e quando não era a luz era a internet porque a coelba arrebentava os cabos e os caras da internet tinham que ficar correndo atrás deles pra todo lado pra remendar os estragos; antes disso o blog passou pela migração de servidor e enfim enfim. eu vou organizar essas coisas todas que eu tenho pra publicar e escrever a newsletter mas hoje eu dei aula de inglês pra cinco turmas de crianças de seis a dez anos e não tenho forças nem pra responder e-mail.