olivia maia - escritora desterrada. meio artista.

tag: livros

operação p-2 e segunda mão em e-book

a Editora Draco acabou de editar meus romances policiais Segunda mão e Operação P-2 em formato digital e já dá pra comprar o e-book nas lojas da Amazon, Cultura e Kobo:

Operação P-2 | Amazon | Cultura | Kobo
Segunda mão | Amazon | Cultura | Kobo

 

as edições impressas, pra quem prefere livro de papel, ainda estão disponíveis pra compra na página de livros do site: Operação P-2 e Segunda mão. envio autografado e com frete grátis!

e tem mais novidade antes do fim do ano!

Salvar

Salvar

Salvar

narrow-minded

My knowledge is limited, my mind puny. I tried hard, I stud­ied, I read many books. And nothing. In my home, books spill from the shelves; they lie in piles on furniture, on the floor, barring passage from room to room. I cannot, of course, read them all, yet my wolfish eyes constantly crave new titles. In truth, my feeling of limitation is not permanent. Only from time to time an awareness flares of how narrow our imagina­tion is, as if the bones of our skull were too thick and did not allow the mind to take hold of what should be its domain. I should know everything that’s happening at this moment, at every point on the earth. I should be able to penetrate the thoughts of my contemporaries and of people who lived a few generations ago, and two thousand and eight thousand years ago. I should. So what?

Czeslaw Milosz, Road-Side Dog

o indizível

Não sei se não tenho nada a dizer, sei que não digo nada; não sei se o que teria a dizer não é dito por ser indizível (o indizível não está escondido na escrita, é aquilo que muito antes a desencadeou); sei que o que digo é branco, é neutro, é signo de uma vez por todas de um aniquilamento de uma vez por todas.

W ou a memória da infância, Georges Perec

o dilema dos leitores ansiosos

, ,

porque há tanta coisa pra ler que encarar um livro de mais de quatrocentas páginas parece às vezes um exagero, um privar-se de outros livros, talvez mais interessantes, quem sabe? mas passei um mês trabalhando pra montar curso de redação e só agora dois meses depois terminei de ler um livro que era pra ter me tomado alguns dias então, né, que diferença faz?

índiceo leitor de ebook indica o tempo que o livro tomaria de leitura: seis horas. não é tanto assim.

e confesso que nem tinha tanta vontade de ler esse tal de Salman Rushdie tão cedo por motivos de: cara de azedo homem branco etc. mas li sobre esse “Two Years, Eight Months and Twenty-Eight Nights” e fiquei curiosa, e comecei a ler, e decidi que gostei do que li. decidi também principalmente que não tenho nenhuma obrigação de respeitar a minha própria fila de leituras se o livro que eu quero ler agora surge de repente atrás de um tanto de fumaça sem fogo e puf.

confesso também que o livro me ganhou um pouco na epígrafe do Ítalo Calvino (traduzida obviamente pro inglês porque o livro é em inglês):

Instead of making myself write the book I ought to write, the novel that was expected of me, I conjured up the book I myself would have liked to read, the sort by an unknown writer, from another age and another country, discovered in an attic. — Italo Calvino

também obviamente o leitor ansioso agarra assim uma empreitada um pouco (nem tanto) mais ambiciosa depois de uma fase excepcionalmente ansiosa de leituras curtas e não por isso deixa de contar os minutos — mesmo se o livro for ótimo — pra próxima leitura dessa pilha imensa e crescente, sempre crescente.

Salvar

contos e biscoitos de polvilho

,

me meti aqui com a leitura de uns contos da Lydia Davis e do Juan José Millás, assim simultaneamente, a norte-americana e o argentino; livros do tipo collected stories e articuentos completos, do tipo que, segundo as palavras de Juan José Millás, são ruins para ler na cama mas podem servir como travesseiro; ambos infinitos feitos de pequenos contos de uma ou duas páginas, todos hipnotizantes; contos para ler um atrás do outro como se come biscoito de polvilho um atrás do outro sem se dar conta de que se está enchendo a cara de biscoito de polvilho, com a diferença que dessa vez se trata de uma bolsa gigantesca de biscoito de polvilho.