fechar o livro

2010-11-26-105645

que quase-terminei de escrever meu livro A vida secreta das nuvens, e falta agora um capítulo final. tanto já pensei premeditei sobre esse capítulo ainda talvez um medo de levá-lo a cabo, ponto final nesse livro que me é tão próximo, tão eu e ao mesmo tempo um livrar-se em palavras, quase exorcismo. é o terceiro da minha pensada trilogia e sabe-se lá o que vou fazer com eles todos; se nenhuma editora me quiser (preguiça do mundo de perguntar às editoras se elas me querem) faço deles o mesmo que fiz/faço/farei com meus policiais.

comecei a escrever esse último livro em meios de 2008, com pausas para finalizar Segunda mão escrever contos inventar outros projetos começar outros romances. a ideia é de antes, ainda, mas foi no segundo semestre de 2008 que me caiu (me atingiu terrivelmente pesadamente violentamente) o rumo que faltava para escrever o livro, e meu mundo virou do avesso e só fui perceber tudo isso agora, com o livro quase-pronto.

e desconfio que esperar me atingir o capítulo final não me vai adiantar muita coisa, que o que me resta é sentar e começar a escrever e que seja para apagar depois ou odiar toda sequência de palavras que me escapar dos dedos. esse final só vai fazer me fugir enquanto não for atrás dele, à força, na marra.

revisões necessárias à parte — tem capítulo ali que precisa de implosão reconstrução e umas duas páginas de cortes — é a melhor coisa que já escrevi. talvez não faça muito sentido, all the way sempre todo parágrafo, mas me likes it, very much. talvez não seja pra fazer tanto sentido assim.