Categoria / blog

textos esporádicos aqui e no medium.

    Carregando post...
  • dos medos

    na verdade quanto mais convivo com professores e ouço de professores que há muitos anos dão aulas — e veja que estou falando de escolas particulares — mais me parece assustador dedicar a vida a esses projetos-de-gente que são os adolescentes (e as crianças), e deixar-se despedaçar por esse eterno reencontrar-se com o passado, o…

  • desses posts que eu certamente não postaria

    não há mais o que de novo se possa fazer com a palavra que se possa fazer sem pretencionismos. não há quem chocar (e pra que chocar?). a palavra perde, aos poucos, seu poder de dizer o oculto e alardear as consciências. não há o que ser descoberto e não há (há?) o que ser…

  • o que há

    que psicologia pode resolver as crises do homem moderno devorado pela angústia do tempo?

  • tem sodurdo?

    e o dono do brechó me dizendo pra levar as roupas na segunda-feira, porque a religião dele não permite fazer negócio no fim de semana. “só pode receber dinheiro, não pode dar”. e depois: “tem sodurdo?”hein?! eu: “desculpa, não entendi.”“sodurdo, masculino, de frio, tem?”mocinha que trabalha com ele, ao resgate: “sobretudo.”